De mariachis à pirâmides, bem-vindo ao México5 min read

Chaves nos mostrou Acapulco e nós mostraremos o verdadeiro México!

Nós brasileiros o conhecemos principalmente pelas novelas mexicanas e pelos ídolos que surgiram por lá, como Frida Kahlo e Chaves. Porém, o país não se resume apenas em encenação: há uma grande variedade gastronômica e cultural que você não faz ideia. Poucos lugares conseguem oferecer opções tão distintas como o México, e hoje vamos mostrar isso para você! 🇲🇽 💚

Além dos mariachis, o país oferece aos seus visitantes ruínas antigas, pirâmides e praias paradisíacas que conseguem agradar todos os gostos.

Cidade do México - GPS Ligado

Avenida Paseo de la Reforma | Foto: moon.com

A Cidade do México é considerada uma das maiores metrópoles do mundo, possuindo diversidade de lazer e cultura, sendo um ótimo destino para quem aprecia uma boa história e arte. Além disso, oferece mercados e feirinhas espalhadas pelo centro, rodeadas por parques.

Vale a pela incluir a cidade no roteiro, pois parado você não vai ficar. Prepare-se para conhecer pirâmides e ruínas, além da incrível culinária apimentada mexicana. Como toda cidade grande, o trânsito é um pouco caótico, mas você pode utilizar o transporte público, sendo que o bilhete do metrô custa cerca de R$1. (QUEM DERA, NÉ @BRASIL?). Por ser a capital, a Cidade do México tem preços bem acessíveis tanto para hotéis quanto para passeios.

México - GPS Ligado

Foto: Reprodução

Um ponto turístico que não pode faltar no seu roteiro são as Pirâmides de Teotihuacán, na cidade do México. Além de toda a história e mistério que as envolve, os visitantes ainda podem caminhar entre as construções (dizem que é super cansativo, mas acho que vale a pena se aventurar!). Além disso,  os visitantes podem admirar a Pirâmide do Sol e a Pirâmide da Lua, aproveitando para visitar também os palácios que estão na região. Tudo bem preservado e bonito, mostrando a importância histórica que esses lugares têm para os mexicanos.

México - GPS Ligado

Pirâmides de Teotihuacán | Foto: Monique Renne 

Outro lugar para visitação é o Centro Histórico da Cidade do México. Lá você consegue ter uma boa noção sobre a história do país e da sua colonização. Também na região fica localizada a Catedral Metropolitana, que foi construída pelas ordens do conquistador espanhol Hernán de Cortés, sobre a antiga Tenochtiitlán (agora Cidade do México), onde hoje fica a praça do Zócalo.

A Catedral possui incríveis 5 andares principais, com 14 capelas e todas decoradas com escultura e painéis de madeira. Para quem gosta de história, aí vai uma curiosidade do lugar: o Altar de los Reyes levou mais de 20 anos para ser concluído. Vale a pena sempre pegar aquele flyer de informação em qualquer lugar que você for! 🙂

Ao lado da Catedral fica o sítio arqueológico Templo Mayor, um templo asteca. Eles acreditavam que o lugar era o centro do universo. Olha o tanto de influências que o México tem! Incrível, não?

México - GPS Ligado

Praça Zócalo | Foto: Esse mundo é nosso! 

México - GPS Ligado

Palácio Nacional | Foto: Esse mundo é nosso! 

México - GPS Ligado

Catedral Metropolitana da Cidade do México | Foto: Esse mundo é nosso! 

México - GPS Ligado

Sítio arqueológico Templo Mayor | Foto: Esse mundo é nosso! 

Saindo da capital vamos dar uma volta pela Playa del Amor, uma praia escondida das Ilhas Marietas. Não é pra menos que esse lugar é considerado um dos mais bonitos do país. As ilhas são um santuário de animais marinhos e aves, localizada no oceano pacífico. Também conhecida como a Hidden Beach, o acesso às praias é feito somente por barco, já que estão localizadas dentro de um imenso buraco. Além de possuir águas claras, a ilha deu-se pela erosão das atividades vulcânicas na região e antigamente foram utilizadas como um centro de treinamento militar.

México - GPS Ligado

Imagem: Getty Images

México - GPS Ligado

Foto: Riviera Nayarit Mediakit

Nossa penúltima parada é na cidade de Santa Maria Regla, cerca de 30 minutos de Pachuca. Se você não tem medo de altura esse é seu destino! Conhecido como Prismas Basálticos, o lugar formou-se ao longo de milhões de anos, com cerca de 30 metros de altura e são banhados pelas águas da barragem San Antonio Regra.

México - GPS Ligado

Foto: Rotativo

México - GPS Ligado

Foto: Tripadvisor

México - GPS Ligado

Foto: Tripadvisor

Para o nosso destino final, posso concluir que com a arte é possível mudar muita coisa. A prova disso é o colorido bairro de Palmitas, em Pachuca. O lugar era conhecido pela violência, especialmente entre os jovens, além de possuir outros problemas sociais. Com o talento de artistas urbanos da Germen Crew foi possível fazer a revitalização e recuperação do lugar, formando um enorme mural colorido.

O coletivo através da sua arte conseguiu diminuir os crimes do lugar, atuando fortemente para tirar a imagem negativa do bairro. Foram pintadas cerca de 209 casas, somando vinte mil metros quadrados. Os moradores também participaram ativamente do projeto, onde cerca de 450 famílias ajudaram para que o lugar fosse transformado. Para conhecer um pouco mais dessa história, acesse aqui.

México - GPS Ligado

Foto: Germen Crew

México - GPS Ligado

Foto: Germen Crew

México - GPS Ligado

Foto: Germen Crew

É claro que esse post é apenas um pedacinho do grandioso país. Para vocês respirarem um pouco, vamos separar o México (não por muros, pelo amor) em dois posts, pode ser? O próximo mostrarei um pouco da culinária e outros lugares que precisam entrar no seu roteiro. E sim, VAMOS FALAR DA FRIDA KAHLO!

E aí? Deu vontade de conhecer lá? Porque eu já estou sedenta para ir!


Leia também:


Quer receber as nossas dicas?

Bora colocar os dados aqui embaixo. 😉

Juliana Oliveira
Pode me chamar de Joleana. :)
Jovem padawan com 24 anos de pura "nerdice". Publicitária e designer apaixonada por filmes, séries, fotografia, música e gatíneos.
Juliana Oliveira on BehanceJuliana Oliveira on InstagramJuliana Oliveira on LinkedinJuliana Oliveira on PinterestJuliana Oliveira on Twitter